Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O que só tu e eu e pouco mais entende

Eu não sei escrever, apenas tenho muitas, muitas histórias! by Nessie

O que só tu e eu e pouco mais entende

Eu não sei escrever, apenas tenho muitas, muitas histórias! by Nessie

Love my neighbors

Não posso deixar de mandar publicamente um grande beijinho e um xi-coração bem apertado aos meus queridos vizinhos dos pisos superiores ao meu. Porquê? Mas é preciso haver motivos para dizermos o quanto estimamos as pessoas? Por acaso até é.

Os meus vizinhos gostam muito de mim. Também não é de admirar. Toda a gente gosta!

Sou tão boa vizinha que eles estão constantemente a deixar-me presentes. São raras as vezes que não encontro pêlos dos seus cães, migalhas, ou até cinza na roupa que apanho do estendal. Quando apanho a roupa depois de um dia inteiro estendida, ela encontra-se molhada, não obstante terem estado temperaturas de 35º C. Como têm pena da roupita, já tão seca e cheia de calor, refrescam-na com a sua própria roupa sempre a pingar. Não são queridos?

Ainda ontem estava eu nas minhas lides domésticas, a estender roupa, quando de repente me cai água na cabeça (não, não era água benta). Era a minha querida vizinha que se lembrou de torcer uma peça de roupa encharcada, sem olhar para ver quem se encontrava em baixo. Tão fofa! Raras vezes senti tamanha felicidade.

Eles mimam-me tanto! Pena eu não conseguir recompensá-los da mesma forma…

Aos meus queridos vizinhos deixo um recado: amanhã atirem um LCD pela janela, mas não sem antes me avisarem da hora, para que me possa por à janela e levar com ele em cima…

Não há como não gostar dos nossos vizinhos. Viver em condomínio é fixe!

 

 

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post